Crescer em Deus!

Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo. 2 Pedro 1:8

 

Já tinha lido esse versículo inúmeras vezes, porém em uma delas Deus me mostrou algo importante e que vou compartilhar com vocês hoje.

Se você ler os versículos que antecedem este acima, verão que as coisas que Pedro se refere, que é o autor da epístola, são a virtudes que devem existir em nós uma vez que somos filhos de Deus.  reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor.

A palavra diligência vem do verbo latino diligere, que significa amar; diligens (diligente) significa aquele que ama. A virtude da diligência consiste no carinho, alegria e prontidão (diferente de pressa) com que pensamos no bem e nos dispomos a realizá-lo da melhor forma possível.

Então, partindo da virtude que significa o amor ou aquele que ama, devemos associar isso que é ponto de partida a; Fé – Virtude – Conhecimento – Domínio próprio – Perseverança – Piedade – Fraternidade e por fim fechando com o Amor. Algo interessante neste processo é que com o amor começamos e com o amor finalizamos,rs. Interessante isso mas ficará para um próximo texto,rsrs. Neste texto quero enfatizar o versículo chave (2 Pedro 2:8)

Veja que Pedro quando escreve isso, diz que essas virtudes devem EXISTIR em nós.

Quando ele diz EXISTIR, eu entendo que devem fazer parte de mim, devem compor a minha vida, devem participar do meu modo de pensar e de agir.

E o segundo ponto que me chama atenção é que Pedro diz que devem EXISTIR E AUMENTAR em nós para que não nos tornemos inativos e infrutíferos.

Sabe queridos, nós como cristãos, freqüentadores de igrejas, recebedores da Palavra de Deus semanalmente, corremos um sério risco de sabermos o que é certo mas não fazermos o que é certo. Corremos o risco de ter em nós a consciência mas não a prática. Quando Pedro diz que essas coisas devem existir, e não só existir e sim aumentar, ele está falando que devemos praticar essas coisas. E devem ser praticados primeiro em nós mesmos, e depois se estender na vida das pessoas. Caso exista e não se estenda, ficaremos inativos (sem atividade, inertes), infrutíferos (Que não produz resultado, estéril).

E sinceramente, não foi para uma vida estéril e inerte que fomos chamados. Mas muitos se encontram assim. E digo isso nem no sentido de fazer coisas para Deus, e sim em Ser pra Deus aquilo que precisamos ser.

E quando eu penso que as virtudes que em mim existem devem aumentar, entendo então que são todas e não só as que foram citadas no texto acima.

Por exemplo: o temor que já existe no meu coração, colocado pelo Espírito Santo, precisa aumentar a cada dia. Como conseqüência disso aumentará também a obediência e o arrependimento.

Talvez você me pergunte – Pra que aumentar se já existe? Porque se não tomarmos cuidado as virtudes podem diminuir e por conseqüência podem deixar de existir. Pode naturalmente acontecer o processo contrário. Existir – deixar de crescer – desaparecer.

Vou dar um exemplo: Sabe quando você se converte, e que mentir é algo que jamais você voltaria a fazer? Então, se essa virtude do temor não crescer em você, é certo que com as coisas da vida, com a forma natural que você levar a sua vida, mentir amanhã será natural. E por quê? Porque você deixou de buscar! Buscar aumentar as virtudes que Deus te deu. E como você busca? Tendo uma vida com Deus, de Comunhão, de Santidade, de Meditação da Palavra de Deus. Caso contrário, o processo se inverte e você passa a ser uma pessoa sem essas virtudes. E sem essas virtudes não conseguiremos nos aproximar de Deus.

 

Pois aquele a quem estas coisas não estão presentes é cego, vendo só o que está perto, esquecido da purificação dos seus pecados de outrora.

Por isso, irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo algum. 2 Pedro 2:9:10

 

Deus abençoe,

 

 

Natália.

 


Publicado

em

por

Tags:

Comentários

4 respostas para “Crescer em Deus!”

  1. Avatar de flavya
    flavya

    Isso é tão sólido, que se não mastigar direito pode entalar…

  2. Avatar de flavya
    flavya

    Isso é tão sólido, que se não mastigar direito pode entalar…

  3. Avatar de Fernando

    Simples: Jamais abandonemos as primeiras Obras!

    Pois muito Cristão passa a agir no automático, um robôzinho, Ora por todos, Jejua por todos, mas para sí próprio já não pratica mais, ai esfria e como vc disse inverte a ordem Crescer em Deus!!!!

    Demorei mas comentei fiaaaa!!!
    bjs Naty fica com Deus moça!!!
    É nois na Fé \o/

  4. Avatar de Fernando

    Simples: Jamais abandonemos as primeiras Obras!

    Pois muito Cristão passa a agir no automático, um robôzinho, Ora por todos, Jejua por todos, mas para sí próprio já não pratica mais, ai esfria e como vc disse inverte a ordem Crescer em Deus!!!!

    Demorei mas comentei fiaaaa!!!
    bjs Naty fica com Deus moça!!!
    É nois na Fé \o/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *